Guilherme encontrou a confiança que faltava. Emprestado ao Botafogo no começo do ano pelo Grêmio, o atacante virou um dos destaques da equipe carioca em 2017. Com três gols em 13 jogos, o ex-prata da casa gremista conquistou um lugar no time montado pelo técnico Jair ventura.

— Estou passando por um momento bom, muito feliz. É um momento legal individual, mas também da nossa equipe — disse.

E quis o destino que o primeiro jogo do Brasileirão fosse logo na Arena, contra o Grêmio. Apesar dos amigos feitos no grupo de jogadores gaúchos, Guilherme garantiu que seu objetivo é conquistar os três pontos em Porto Alegre.

— Será um jogo especial, estrear no Brasileirão contra o Grêmio. Era a minha casa, onde fui campeão da Copa do Brasil. Será uma data especial, mas se Deus quiser, vamos conseguir uma vitória.

Marcado por ser um atacante que construía boas oportunidades, mas que tinha dificuldades em fazer gols , Guilherme disse que a mudança para o Botafogo serviu como uma estímulo para trabalhar mais as suas finalizações.

— Eu tinha apenas um gol como profissional. Foi no Gauchão, quando defendia o São José, contra o Grêmio, na Arena. Isso me incomodava. Sabia que criava muito, chances claras de gol, e pecava no último toque. Passei a trabalhar mais este fundamento. Aumentou a confiança e os gols saíram — disse.

Guilherme tem contrato com o Grêmio até dezembro de 2019.

Fonte: Zero Hora