Já se passaram 43 anos, mas até hoje o ex-árbitro José Marçal Filho é lembrado apenas pela final do Carioca de 1971, entre Botafogo e Fluminense. Naquele dia, ele não viu falta do lateral Marco Antonio no goleiro Ubirajara, no lance que resultou no gol de Lula e decretou o título tricolor. Hoje, com bem vividos 75 anos, o atual assessor de arbitragem da Ferj e professor de futebol na escolinha do bairro de Vista Alegre, continua convicto de que acertou.

Fonte: O Dia Online