Destaque do Botafogo na vitória sobre o Bahia, Cícero foi o personagem do Botafogo na entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira, um dia após o triunfo pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro e antes de do treino regenerativo da tarde.

Cícero, autor do terceiro gol alvinegro, após uma bela arrancada, comentou sobre o seu posicionamento na última noite – atuou como segundo volante, a sua posição predileta, conforme já havia dito em sua apresentação.

– Barroca conversou comigo, sabia das minhas características. Queria tentar ficar com a bola no Morumbi e para tentar ter mais jogadores no meio. Funcionou às vezes, mas faltou agressividade. Fugiu um pouco das minhas características jogando mais aberto. A minha melhor posição é jogando por dentro, segundo ou terceiro homem, onde posso encontrar meu jogo melhor, minha chegada na área, ajudar na saída de bola. É ali que me sinto bem. As cobranças existem, mas quando você começa a jogar mais na sua posição, lógico que é diferente. Barroca está conhecendo cada vez mais o time e está encontrando uma identidade – comentou o experiente meio-campista, emendando sobre a mudança no comando técnico:

– Significou muita coisa. Com a chegada do Barroca a equipe vem tentando implantar um estilo de jogo convincente. Esse resultado de ontem salvou um pouco da partida que fizemos contra o São Paulo. Conseguimos encurralar o adversário fora de casa e não vencemos. O resultado de ontem valorizou a mudança de postura da equipe. O placar na estreia não foi bom, mas o São Paulo não fez muito para ganhar. Se termina empatado, as notícias seriam diferentes.

Fonte: Terra