O Botafogo já viveu, em outros tempos, crise institucional pior do que a atual, mas talvez em nenhuma delas com um momento tão agudo e doloroso que parece deixar o clube paralisado. Todo dia há uma novidade ruim e, mesmo quando há um aparente alívio pela liberação de algum dinheiro, isso causa crise e ressentimento porque nem todos os jogadores foram contemplados. A essa altura, até uma debandada geral pode acontecer e há perspectiva de tempos terríveis.

Fonte: Coluna do Márcio Guedes - O Dia Online