Se tratando de goleiro a torcida do Botafogo pode ficar tranquila pelos próximos anos. Além de ter o ídolo Jefferson, jogador de Seleção Brasileira, o alvinegro conta também com o jovem Mateus Cabral, de 17 anos, que já está no profissional.
O goleiro de 1,87m de altura e 75kg é o nosso Prata da Casa que Vale Ouro desta semana e concedeu entrevista para a reportagem da Rádio Tupi.
Como é ser companheiro de treinos do Jefferson, jogador consagrado e muito querido pela torcida botafoguense?
“Trabalhar com o Jefferson é muito gratificante, além de meu ídolo é um grande companheiro de time e aprendo muito com ele, com orientações que só me ajudam a crescer profissionalmente. Eu sempre procuro estar olhando ele nos treinamentos. Eu tenho ele como espelho”.
Fale um pouco das suas características? Se considera um bom pegador de pênaltis?
“Sou rápido e possuo uma técnica muito boa. Assim como o Jefferson, sou pegador de pênaltis. Tenho uma marca muito boa aqui no Botafogo, fiquei 2014 sem tomar gols de pênaltis”.
Você já se considera preparado para um dia assumir a titularidade do Botafogo?
“Eu ainda não me sinto preparado. Por ser um goleiro muito novo, eu ainda preciso de muita rodagem nos profissionais e adquirir mais experiência, não me sinto preparado, ainda”.
O que o Botafogo representa?
“Botafogo representa muita coisa na minha vida. Foi o primeiro clube a me dar oportunidade e assinar meu contrato profissional. Me dá a oportunidade de estar nos profissionais apesar da minha pouca idade. Eu vivo no Botafogo, então o clube é a minha vida e eu só tenho a agradecer ao Botafogo. O Botafogo é a minha casa”.
O jovem é mais uma joia do Botafogo, que tem feito um ótimo trabalho na base. O Alvinegro está invicto na Taça Guanabara Sub-20 e venceu a primeira partida da final diante do Fluminense por 2 a 1, dentro das Laranjeiras.
Fonte: Super Rádio Tupi