Com aumento de salário ou não, R. Marques se supera e brilha

Compartilhe:

Após Rafael Marques brilhar e marcar dois gols no clássico de domingo, contra o Vasco, no Maracanã, que garantiram a vitória e a liderança do Campeonato Brasileiro ao Botafogo, Oswaldo de Oliveira elogiou o jogador e afirmou, em tom de brincadeira, que pediria um aumento salarial ao atacante.

– Quantas bolas ele tira na área de cabeça, e quantos serviços ele faz pelo time? Vou reivindicar um aumento de salário para ele. Está ganhando pouco – disse Oswaldo, finalizando a coletiva de imprensa.

Para quem conhece o treinador, sabe que as reverências a Rafael são mais que sinceras, já que foi o próprio Oswaldo quem o indicou ao clube no ano passado. Quanto ao aumento salarial, tudo parece não ter passado de uma resposta ao ex-presidente do Botafogo, Carlos Augusto Montenegro, que na semana passada criticou o alto valor salarial de Rafael, um dos cinco maiores do elenco, em entrevista ao “Extra”.

Contratado em julho do ano passado, o atacante levou 20 jogos até conseguir marcar o seu primeiro gol com a camisa do clube, no dia 16 de março, contra o Quissamã, na estreia da Taça Rio.

A primeira partida de Rafael no ano foi disputada na 8ª rodada da Taça Guanabara, contra o Boavista. De lá para cá, foram 26 jogos e 12 gols. Média de 0.46 gol por jogo. No total, o jogador disputou 43 jogos pelo Glorioso, o que rebaixa a média para 0,28.

 

Fonte: Lancenet!

Comentários