A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) tentou uma última medida desesperada para garantir a participação do Vasco da Gama na Taça Belo Horizonte Sub-17 deste ano. Boicotado por clubes do Movimento Futebol de Base, a entidade proibiu a participação de qualquer time carioca na competição caso a equipe de São Januário não fosse convidada.

Tudo começou com a contratação do jovem Paulo Vitor, de 16 anos, sem o consentimento do Fluminense – que tinha contrato de formação com o atleta. A tentativa da Ferj de evitar novo boicote não deve surtir efeito, já que os responsáveis pelas outras equipes condicionaram a participação à ausência vascaína, até que haja entendimento com o Flu sobre o assunto. Por conta do imbróglio, o Cruzmaltino já ficou fora da Manchester United Premier Cup Sub-15, em Porto Feliz (SP), antiga Copa Nike

Medida semelhante já foi tomada contra Atlético Paranaense e São Paulo nos últimos anos por conta do suposto aliciamento de jovens de outros clubes. Antes sub-20, a Taça BH agora será sub-17 e se torna o maior campeonato da categoria no país, com 40 times participantes – a começar no dia 9 de julho.

Fonte: Futnet