Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Com brilho até o finalzinho das partidas, estrela do Botafogo é a preparação física

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

A bela arrancada do Botafogo no Campeonato Brasileiro passa também pela maneira como o time tem vencido seus jogos. Dos 42 gols marcados até agora, 13, ou 31% deles, foram feitos nos últimos dez minutos de jogo. O fôlego extra para decidir os confrontos no apagar das luzes coloca o trabalho da preparação física sob os holofotes.

A disposição para buscar o resultado até o fim reflete o nível de concentração da equipe até o apito final, de acordo com o preparador físico Ednilson Sena. A questão neste caso é o velho ditado: corpo são, mente sã.

– Quando você está desgastado fisicamente, a parte mental também cai – explicou o preparador: – Nosso trabalho vem da pré-temporada e se intensificou após Jair assumir o time.

No elenco, alguns nomes se destacam. Bruno Silva, aos 30 anos, é quem mais jogou em 2016: 48 partidas. Outro citado por Sena é Camilo, que emendou a temporada no futebol árabe com o momento conturbado que vivia o Botafogo na zona de rebaixamento.

– O grupo é comprometido. Não adiantaria trabalhar em campo, se fora não seguissem o que tem sido passado pela comissão – resumiu Ednilson Sena.

Notícias relacionadas
Comentários