Enfrentar o lanterna do Campeonato Brasileiro deixa qualquer torcedor animado. Porém, os do Botafogo ficam com um pé atrás. Isso porque o time vem sofrendo quando este cenário acontece. No ano passado, mesmo em uma arrancada que o tirou da zona de rebaixamento e o levou para a Copa Libertadores, o time carioca penou ao encarar o então último colocado América-MG: derrota por 1 a 0. Já este ano, o Avaí estava na ponta de baixo da tabela de classificação e aprontou no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ): 2 a 0.

Diante deste cenário, que os jogadores do Botafogo e o técnico Jair Ventura ligaram o sinal de alerta em relação ao duelo deste domingo, às 19h(de Brasília), contra o Atlético-GO,  no Estádio Olímpico, em Goiânia (GO), pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time goiano não ganha há oito jogos, vem de goleada de 4 a 0 sofrida para o Sport em Pernambuco e está na lanterna com oito pontos. Já o Botafogo tem 23 pontos e pretende voltar para o G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores, o que deverá acontecer em caso de triunfo.

“No ano passado o América mineiro estava na lanterna e deu no que deu. Este ano enfrentamos muitas dificuldades contra adversário que estão ou estavam na zona de rebaixamento. Portanto, aprendemos que não existe nenhum confronto tranquilo em uma competição deste nível. Vamos enfrentar um adversário que merece respeito, como todos os demais”, avisou Jair Ventura.

A posição do Atlético-GO na tabela de classificação é justamente tratada como um problema.”Trata-se de um jogo tão complicado como qualquer outro que vamos encontrar neste Campeonato Brasileiro. O Atlético Goianiense vai lutar muito para conquistar uma vitória justamente por conta de sua realidade na competição. Portanto, o que pode parecer facilidade na verdade vai se transformar em mais um complicador. Nossa preparação é para um duelo difícil”, disse o goleiro Jéfferson.

Fonte: Gazeta Esportiva