A Seleção Brasileira venceu o segundo amistoso de 2015- o oitavo desde que Dunga assumiu. Desta vez, o Brasil superou o Chile por 1 a 0, no Emirates Stadium, em Londres. Como todo jogo entre sul-americanos, a partida foi pegada, com muitas faltas e marcação acirrada, já dando uma ideia de como será a Copa América do Chile, em junho deste ano.

Os chilenos tiveram maior posse de bola no primeiro tempo e chegavam mais à área brasileira. Mas o Brasil não se desesperava e continuava tentando impor o seu estilo de jogo, com toque de bola rápido.

O Brasil quase abriu o placar com cruzamento de Marcelo. O lateral viu Douglas Costa muito bem posicionado entrando na área chilena: o camisa 7 dominou e chutou para fora.

Com poucas chances concretas para os dois lados, o primeiro tempo terminou empatado sem gols.

Na segunda etapa, o Chile teve duas faltas na entrada da grande área: na primeira, a bola foi  para fora; e na segunda, Jefferson fez uma defesa segura.

Dunga pôs Firmino, Elias, Robinho, Willian e Filipe Luís nos lugares de Luiz Adriano, Souza, Philipe Coutinho, Douglas Costa e Marcelo, respectivamente. E foi de Firmino o único gol do amistoso. O jogador recebeu o lançamento certeiro de Danilo e partiu para cima, driblou o goleiro Bravo e marcou: Brasil 1 a 0.

Esta foi a oitava vitória em oito jogos da Seleção sob o comando de Dunga – 18 gols marcados e apenas dois sofridos.

BRASIL 1 X 0 CHILE

29/03/2015 – 11h – Domingo

Emirates Stadium – Londres (Inglaterra)

Brasil: Jefferson, Danilo, Thiago Silva, Miranda e Marcelo (Filipe Luís); Douglas Costa (Willian), Souza (Elias), Fernandinho e Philippe Coutinho (Robinho); Neymar e Luiz Adriano (Firmino).

Chile: Bravo, Medel, Jara, Albornóz, Isla, Aránguiz, Rodrigo Millar (Fernández), Mena (González), Vidal (Vargas), Pablo Hernández e Alexis Sánchez.

Fonte: Site da CBF