Com meta de artilheiro, A. Carlos comemora boa fase da zaga

Compartilhe:

O zagueiro Antônio Carlos iniciou bem a série de jogos que deve ter no time titular até a paralisação do Campeonato Brasileiro para a realização da Copa das Confederações. Quarta-feira, ele fez o primeiro gol do Botafogo na vitória sobre o CRB por 3 a 0, em Volta Redonda, pela Copa do Brasil, e ajudou na classificação do time.

O defensor, que entrou na equipe depois que Dória foi para a seleção sub-20, é conhecido por fazer bastante gols para um jogador da sua posição. Ele espera fazer mais e que isto se torne um trunfo para ele não sair mais do time.

– Estou com 55 na carreira. Se eu conseguir chegar a 100 está bom, né (risos)? Mas sei que é difícil. Quando vou para a área adversária me dão cada braçada que é brincadeira. Chego em casa todo marcado (risos). Quando paro de fazer gol, todo mundo me cobra, até em casa – disse o zagueiro.

Antônio Carlos está satisfeito com o desempenho da zaga alvinegra, que nas últimas sete partidas não levou gol. Apesar do tempo em que ficou no banco, ele disse que não desanimou e não chegou a pensar em deixar o clube.

– Isso é bom, normalmente a zaga é a culpada quando as coisas não vão bem. Desde o início estamos tendo um aproveitamento legal, fazendo muitos gols e sofrendo poucos. Apesar das mudanças, o nível continuou bom. Claro que estou feliz com o gol. Tenho que trabalhar dentro de campo, não adianta eu querer brigar com todo mundo e largar. Quero mexer com a cabeça do treinador. Meu ciclo aqui não acabou.

Neste sábado, às 21h (de Brasília), o Bota enfrenta o Corinthians, no Pacaembu, e inicia sua campanha no Brasileiro. O Glorioso entra na competição com o moral de quem foi o campeão carioca, mas sabe que agora a disputa será mais acirrada.

– O nível agora é outro – finalizou Antônio Carlos.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários