Para o jogo mais importante do ano, o Botafogo tem uma preocupação a menos. O meia Matheus Fernandes, que machucou o tornozelo após entrada de Cuéllar, do Flamengo, na semifinal da Copa do Brasil, foi liberado pelo departamento médico do clube. Ele está à disposição do técnico Jair Ventura para enfrentar o Flamengo, no domingo, e o Grêmio, na quarta-feira.

Ontem, ele treinou normalmente no Estádio Nilton Santos e deu entrevista coletiva após o trabalho:

— Todo jogador quer atuar. Eu estou à disposição de Jair Ventura.

A presença do atleta é importante, pois ele oferece equilíbrio no meio-campo: como volante ao lado de Rodrigo Lindoso, ajuda a roubar a bola dos adversários e frequentemente já inicia as jogadas de ataque do Alvinegro. Sem ele, os possíveis substitutos seriam Dudu Cearense ou Fernandes — João Paulo também poderia ser recuado para que Marcos Vinícius ou Leo Valencia entrassem no time.

O foco do atleta, agora, é conseguir manter as boas atuações que ele vinha tendo antes de sofrer a dura entrada de Cuéllar.

— Tenho que manter a cabeça tranquila. Nosso grupo é muito unido, todos me apoiam. O Jair também me dá muita liberdade, o que facilita as coisas — afirmou.

Agora, as preocupações são com Carli, Rodrigo Lindoso e João Paulo, que também têm problemas leves.

A expectativa continua sendo que todos eles possam enfrentar o Grêmio na próxima quarta-feira. O técnico Jair Ventura, no entanto, deve optar pela prudência e não escalá-los contra o Flamengo, domingo. Na entrevista coletiva, Matheus Fernandes também não disse se Jair pretende usar time alternativo:

— O Jair sabe o que está fazendo. Nós também estamos nos preparando para a Libertadores, que é o nosso verdadeiro foco.

Fonte: Extra Online