Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Com time alternativo, Emerson Silva: ‘Precisamos fazer um jogo perfeito para vencer’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Um time alternativo. Essa tem sido a opção que o Botafogo tem escolhido para mandar a campo em boa parte dos jogos do Campeonato Brasileiro. A estratégia vai se repetir no próximo domingo, quando o Glorioso visita a Ponte Preta às 16h (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), pela 21ª rodada. Ninguém no clube esconde que as prioridades são a Copa do Brasil e a Copa Libertadores.

Com um time alternativo, o Botafogo conseguiu resultados interessantes, como o empate sem gols com o Cruzeiro, em Minas Gerais, e a vitória sobre o Grêmio por 1 a 0, em casa, na rodada passada. Em ambos os casos o poder de concentração dos jogadores foi elogiado e a ideia é repetir a estratégia no domingo a fim de retornar do interior paulista com pontos na bagagem.

“Independentemente da escalação que manda a campo, o Botafogo tem mostrado um time aguerrido e que sabe o que fazer em campo. Não vai ser diferente contra a Ponte Preta, porém, é importante que o nosso poder de concentração siga em alta”, disse o lateral-direito Arnaldo, que não está inscrito na Copa do Brasil e por isso tem jogado bastante pelo Brasileirão.

A eficiência do time, na visão dos atletas, passa justamente por esse poder de concentração. “A Ponte Preta conseguiu montar um elenco qualificado para este compromisso e isso no meu ver se torna um complicador para quem a enfrenta, principalmente em Campinas. Precisamos fazer um jogo perfeito em todos os aspectos, inclusive com um alto nível de concentração para que tudo saia perfeito nos aspectos táticos e técnicos”, avisou o zagueiro Emerson Silva, que ainda completou.

Espero que a gente consiga colocar mais uma vez em prática tudo o que vem sendo pensado para este confronto, pois empenhados podemos voltar com pontos importantes de Campinas”.

Em termos de escalação, o técnico Jair Ventura só deverá definir a escalação minutos antes do confronto. Suspensos do duelo de volta das semifinais da Copa do Brasil, quarta-feira, contra o Flamengo, o zagueiro argentino Joel Carli e o atacante Rodrigo Pimpão vão enfrentar a Macaca. Reforços que chegaram recentemente e que não foram inscritos no mata-mata, como Arnaldo, serão usados. Casos dos meias Leonardo Valencia e Marcos Vinícius e do atacante Brenner.

Dessa maneira, um esboço de time do Botafogo para domingo tem: Jéfferson, Arnaldo, Joel Carli, Emerson Silva e Gilson; Dudu Cearense, Rodrigo Lindoso, Leonardo Valencia e Marcos Vinícius; Rodrigo Pimpão e Brenner.

Neste sábado, o elenco treina pela manhã e depois a delegação embarca para o interior paulista. Com 28 pontos ganhos, o Botafogo busca um triunfo para ingressar no G6, a zona de classificação para a Copa Libertadores.

Notícias relacionadas
Comentários