Com três suspensos para a final, técnico do sub-17 garante ter substitutos à altura

Compartilhe:

Grande sensação da Copa do Brasil Sub-17, o Botafogo se prepara para visitar o Vitória no primeiro jogo da decisão, na próxima terça-feira. E apesar da animação por contar com o artilheiro Luís Henrique – 12 gols em oito jogos – e a excelente campanha fora de casa de 100% de aproveitamento até agora, o técnico Felipe Conceição terá de lidar com a ausência de três titulares.

O lateral-esquerdo Jordan e os volantes Matheus Fernandes e Rickson levaram o terceiro cartão amarelo na goleada sobre o América MIneiro na semifinal e vão cumprir suspensão automática. Os desfalques, porém, foram minimizados pelo treinador – que como jogador foi formado no Glorioso e tinha o apelido de Tigrão.

“Temos um elenco de qualidade e quem entrar vai dar conta do recado. O Vitória é uma grande equipe e por méritos está na final. Serão dois bons jogos e decididos por detalhes”, garantiu o comandante dos juvenis alvinegros, elogiando a força do elenco da equipe. Felipe também comentou a vitória de 4 a 0 sobre o Coelho em Sete Lagoas na segunda semifinal após perder em casa.

“A derrota do primeiro jogo foi nossa primeira derrota na competição. E o time não se abateu. Quem vê de fora, pode achar que o 4 a 0 foi fácil, mas não foi dessa forma. Foi um jogo duro. O América-MG tem uma boa equipe. Nossos atletas tiveram uma disciplina muito grande, tiveram foco do início ao fim e por merecimento conseguiram a classificação”, analisou.

Para substituir Jordan, Felipe tem outros laterais-esquerdos no elenco, como Digão e Gabriel, ou pode ainda improvisar Fernando, que joga também na direita e no meio. Já para substituir a dupla de volantes, o treinador tem à disposição Marlon, Ion e nomes mais jovens, recém-promovidos do time infantil, como Bruno Maradona e Guga, ambos nascidos em 1999. A partida no Barradão começa às 19h (de Brasília) da terça, e terá transmissão televisiva.

Fonte: FutNet