Se a primeira fase do Campeonato Carioca serviu para o técnico Ricardo Gomes começar a dar uma cara ao time do Botafogo, o treinador utilizou o último jogo – vitória de 1 a 0 sobre o Boavista – para fazer observações. Com elas, ganhou boas dúvidas para definir a escalação que vai enfrentar o Fluminense no próximo domingo, às 18h30 (horário de Brasília), no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pela estreia na Taça Guanabara, a segunda fase do Estadual.

Alguns jogadores que estão no elenco com status de titulares e não vinham jogando por conta de lesão ou de pegar ritmo de jogo ficaram à disposição. Casos do meia uruguaio Juan Salgueiro e do atacante Neilton. O elenco treinou na manhã desta terça-feira uma atividade tática, em General Severiano. Preservados das atividades da semana passada por conta de dores musculares, o lateral-direito Luis Ricardo e o volante Bruno Silva trabalharam normalmente e estão disponíveis para o clássico, aumentando as opções do treinador.

Durante o treinamento, Gomes testou o time titular sem atacantes, já que não se tratava de um coletivo. O meio-de-campo teve Aírton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Gegê. Porém, Fernandes foi muito bem contra o Boavista e para boa parte dos analistas e torcedores deve ser titular. Além disso, o treinador, provavelmente, terá que encontrar um lugar para Salgueiro. Sem falar no argentino naturalizado boliviano Damián Lizio, que está sendo preparado fisicamente para ficar em condições.

Uma alternativa seria deixar Neilton isolado na frente, compondo o meio com cinco homens. Algo pensado pelo treinador, uma vez que os laterais, tanto Luis Ricardo como Diogo Barbosa, atacam bastante. Neste cenário, contudo, ele seria obrigado a barrar Ribamar, que vem tendo boas atuações e se tornou uma espécie de xodó da torcida.

Por falar em opções, Ricardo Gomes ainda promoveu o lateral-esquerdo Victor Lindenberg, de 18 anos, que se destacou pelo time na Copa São Paulo de Juniores. O jovem vai passar um período entre os profissionais e pode ser testado. Isso porque Diogo Barbosa ainda não teve o rendimento esperado e Jean, outra cria da base, teve atuação discreta contra o Boavista. A partir desta quarta-feira Ricardo Gomes deve dar mais pistas sobre a escalação.

Fonte: Gazeta Esportiva