A formação com três volantes — característica do Botafogo de Jair Ventura e ausente no empate (0 a 0) com o Coritiba — deverá voltar a ser usada no clássico com o Flamengo, sábado, pelo Brasileiro. Isso porque, o técnico terá à disposição o trio considerado ideal: Rodrigo Lindoso, Bruno Silva e Airton.

Recuperado de uma lesão na coxa esquerda, Airton já treina normalmente. Antes questionado, ele vive um momento especial na carreira no Alvinegro. Tornou-se talvez a peça mais importante do sistema defensivo e, aos poucos, desconstrói a imagem de jogador violento. Só falta convencer os árbitros:

— Alguns ainda me perseguem. Tem jogos em que sou quem sofre mais faltas do time. Aí, faço uma que não é violenta, e o árbitro já vem com o cartão amarelo.Essa minha imagem já ficou para trás, espero que os árbitros me vejam com outros olhos.

No sábado, às 17h, Airton reencontrará um velho conhecido: o Flamengo, seu ex-clube. O volante acredita que já se desvinculou do Rubro-negro e descarta dar atenção especial ao principal jogador do rival, o meia Diego:

— Todo o time do Flamengo tem muita qualidade. Mas nossa marcação não será diferente da que já fazemos.

Caso decida, de fato, mandar três volantes a campo, Jair Ventura precisará sacar um dos atacantes que iniciaram o confronto com o Coritiba. A tendência é que Sassá e Rodrigo Pimpão briguem pela permanência na equipe.

Na quarta-feira, Pimpão foi poupado do treinamento por conta de um desgaste muscular. Já o volante Bruno Silva, que sofreu um leve traumatismo craniano no jogo contra os paranaenses, foi liberado pelo departamento médico.

Fonte: Extra Online