Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Comentarista: ‘É angustiante ver o Botafogo jogar. Vai fazer gol em quem?’

37 comentários

Compartilhe

Mauro Cezar Pereira critica trabalho de Zé Ricardo no Botafogo após empate com o Fluminense
Reprodução/Mauro Cezar/YouTube

A 11 rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, clubes como Botafogo e Vasco estão na zona de rebaixamento, assim como o Coritiba, campeão em 1985 e atual lanterna da competição, ao mesmo tempo em que na Série B o Cruzeiro está distante do acesso à primeira divisão, neste caso faltando apenas sete rodadas.

No podcast Posse de Bola #86, Mauro Cezar Pereira analisa as situações dos dois clubes do Rio de Janeiro e do Coritiba, com comentários a respeito da possibilidade de uma edição da segunda divisão com pelo menos quatro clubes que já foram campeões na elite.

“Poderemos ter o Cruzeiro, o Botafogo e o Vasco na Série B no ano que vem, e mais o Coritiba, forte candidato ao rebaixamento também, que já foi campeão brasileiro. O Vitória não vai subir, já foi vice-campeão brasileiro, times que têm aí uma história, está ficando parecido com a Inglaterra, se você olhar a segunda divisão inglesa, você vê sempre alguns times que têm títulos e tudo mais, mas times que jogam desde 1800 e bolinha”, diz Mauro Cezar.

O jornalista afirma que no caso de clubes como Botafogo e Vasco, a situação de precisar disputar o Brasileirão com o objetivo de não cair acaba sendo mais difícil do que para outros que não permanecem temporadas seguidas na elite, como o próprio América-MG, que hoje enfrenta o Palmeiras na semifinal da Copa do Brasil e é vice-líder da Série B.

“Alguns clubes lidam com o rebaixamento com naturalidade, o América-MG, que vai jogar contra o Palmeiras agora e pode até ir à final da Copa do Brasil, e deve voltar à primeira divisão, entra na primeira divisão sabendo ‘sou candidato ao rebaixamento, minha meta aqui é não cair, mas se cair, tudo bem, eu já estou acostumado'”, diz Mauro Cezar.

“Para o Botafogo e para o Vasco, por mais difícil que seja a crise, por mais que grandes clubes como os dois possam durante determinado momento de suas histórias sofrer um apequenamento, você nunca vai se acostumar com isso, você nunca vai entrar em um campeonato aceitando que ‘só posso brigar para não cair’, e isso é muito ruim”, completa.

Em relação às derrotas do Botafogo para o Corinthians e do Vasco para o Athletico-PR, Mauro Cezar diz que a atuação do time botafoguense não dá esperanças de que o time possa sair da situação em que se encontra, enquanto o Cruzmaltino não conseguiu aproveitar uma rodada que poderia ter sido favorável caso o time pontuasse, considerando as derrotas de Bahia e Sport.

“O time do Botafogo é angustiante até se você ver o jogo e se colocar no lugar do torcedor do Botafogo para quem não é botafoguense, claro. É uma coisa assim angustiante, eu fiquei assim assistindo à partida e pensando ‘esses caras vão fazer gol em quem?’. O time do Botafogo, você está vendo, e só vai empatar em um aborto qualquer da natureza ou uma bola maluca, um frango do goleiro”, diz Mauro Cezar.

“O Vasco evidentemente gostou de resultados como a derrota do Bahia para o Internacional, a derrota do Botafogo para o Corinthians, o Sport perdendo para o Goiás também foi bom porque o Goiás está atrás do Vasco, então o Sport não abriu vantagem, então o vascaíno pensou ‘agora vai, agora vai porque os caras perderam pontos’, se o Vasco consegue pontuar contra o Athletico-PR ele passa o Bahia, e o Vasco toma de 3 a 0 com uma grande naturalidade”, completa.

Para o jornalista, a situação do Vasco ainda é de se esperar que o time consiga somar pontos de alguma forma, o que o Botafogo não tem demonstrado.

“É angustiante você ver o time e falar ‘caramba, esses caras têm que vencer alguns bons jogos para evitar um rebaixamento’. De onde vai sair? Ganhou do Coritiba que é pior ainda que o Botafogo, e que já teve até o Rodrigo Santana como técnico, é o cúmulo também achar que alguém vai escapar do rebaixamento com Rodrigo Santana de técnico, o Coritiba fez isso e está lá agora o bravo Pachequinho, coitado, tentando salvar o clube do naufrágio para a Série B novamente”, diz Mauro Cezar.

“O Vasco, eu acho, tem mais chances pela pontuação, tem jogadores melhores, tem o Cano, que pode salvar um jogo ou outro”, conclui.

Fonte: UOL

Comentários