Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 00:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Conheça o Grupo de Transição, criado por Durcesio Mello antes de assumir o Botafogo

26 comentários

Compartilhe

Durcesio Mello - Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

O profissionalismo é uma medida tocada com exaustão por Durcesio Mello. Ainda na campanha eleitoral, o futuro presidente do Botafogo prometeu que traria pessoas contratadas – incluindo um CEO, o carro-chave do projeto – para tocar o clube. Aos poucos, o mandatário do Alvinegro no quadriênio 2021-2024 vem criando uma equipe para “pavimentar o terreno”.

Desde que foi eleito, Durcesio tem reunido pessoas e finalmente criou o Grupo de Transição de Trabalho (GTT). A equipe conta com 15 pessoas dividias em cinco áreas de execução. As pessoas que fazem parte do time são:

Marketing e Comercial: Fred Bastos, Luiz Magalhães, Thiago Pinheiro e Yuri Binder
Administrativo: Fábio Pontes, Fernando Lôpo, Marcos Cortesão e Ronaldo Chataigner
Financeiro: Alessandro Langone e Eduardo Corrêa
Jurídico: Daniel Stolear e Pedro Sousa
Futebol: André Souza, Leandro Moura e Murilo Rezende

Todos os nomes foram colocados e contratados a partir do consenso de Durcesio com Vinícius Assumpção, vice-presidente da chapa, que também está ativo nas reuniões e na busca pelos futuros funcionários do clube de General Severiano.

O GTT passou a trabalhar oficialmente desde o fim do mês passado. A partir da definição das áreas de foco e das equipes, os responsáveis passaram a estudar os relatórios e documentos do Botafogo. Na última segunda-feira, o grupo se reuniu pela primeira vez em um escritório no Rio de Janeiro para ler e interpretar os números conseguidos pelas respectivas equipes.

O objetivo de Durcesio e Vinícius é que o GTT levante os números do Botafogo nas cinco áreas descritas e, assim, possa chegar a uma possível solução – ou algo para tentar melhorar, ao menos – o problema em curto prazo. Medidas de médio prazo e longo prazo (dois a três anos) também são debatidas.

A primeira reunião do grupo durou mais de dez horas. A partir dos relatórios entregues, Durcesio, Vinícius e os colaboradores analisaram e tentaram ter uma ideia do que pode ser melhor quando os dois assumirem os cargos máximos no Botafogo, a partir do dia 1º janeiro de 2021.

Em suma, o GTT foi criado por Durcesio Mello para ter uma noção das necessidades do Botafogo nas cinco áreas de foco. O grupo vai se reunir de forma periódica até que o futuro presidente assuma a nova cadeira, substituindo Nelson Mufarrej.

Fonte: Terra

Comentários