Quando entrar em campo hoje, às 16h, no Mineirão, para enfrentar o Cruzeiro pela quarta rodada do Brasileiro, o Botafogo vai reencontrar duas caras bem familiares no campo adversário. Alvinegros em 2017, o atacante Sassá e o volante Bruno Silva viveram bons momentos pelo time, mas a torcida não chega a morrer de saudade.

Apesar das memórias, o Botafogo vem se saindo bem sem seus ex-atletas. No ataque, Brenner serve bem a posição e é o artilheiro da equipe no ano, com oito gols. No meio campo, o time passou a jogar com menos volantes, em uma formação que vem dando certo desde a chegada de Valentim, que deve compor o setor hoje com Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes e Renatinho.

Eleito melhor volante do Brasileiro ano passado, Bruno Silva teve seu auge no Botafogo e foi um dos destaques da campanha da na Libertadores. Em alta, foi contratado pelo Cruzeiro, mas não conseguiu se firmar e vem seguidamente esquentando o banco de reservas. Se jogar hoje, enfrenta seu ex-clube pela primeira vez .

Já Sassá, que atuou contra o Botafogo no ano passado sem fazer gol, será titular nesta tarde e vem em momento inspirado: marcou quatro vezes nos últimos dois jogos. O Botafogo ainda detém 45% dos direitos econômicos do atacante e lucraria em caso de nova negociação.

— Sassá é meu parceiro, mas não pode dar brecha alerta Matheus Fernandes: — De qualquer forma, acho que vai ser tranquilo e vou conseguir marcá-lo.

Reforço relacionado

Recém-chegado ao Botafogo, por empréstimo até o fim do ano, João Pedro sequer foi apresentado oficialmente, mas já vai para a partida contra o Cruzeiro. O meia de 21 anos foi um dos destaques da equipe alternativa do Atlético-PR que venceu o Estadual deste ano, marcando quatro gols e dando cinco assistências em 16 jogos.

— A contratação do João foi um pedido meu, o conheço da base do Atlético-PR — contou o técnico Alberto Valentim, que elogiou o atleta e deu indícios de que pode usá-lo no decorrer do jogo: — Vem para somar, qualificar o nosso elenco. É um jogador de qualidade e muito obediente taticamente.

Como não ficou muito tempo parado, João Pedro está em boas condições de jogo. Ele estava apenas à espera da regularização de seu contrato, o que aconteceu na sexta-feira. O jogador pode atuar tanto centralizado, quanto pelos lados.

Fonte: Extra Online