A tarde foi de Matheus Alvarenga. Mas o atacante do Guarani, autor de quatro gols na vitória por 5 a 0 deste domingo (13), em Taquaritinga, pela terceira fase da Copa São Paulo, é conhecido mesmo pelo apelido: Davó. Com destaque absoluto para ele, o time de Campinas eliminou o Internacional da Copinha e agora encara o Botafogo nas oitavas de final. Marco Antonio fez o outro gol do jogo.

O apelido de Matheus tem razões curiosas. A avó, Dona Helena, era quem o acompanhava nos treinamentos e, como havia mais de um jogador com o mesmo nome, ele ficou sendo o “da avó”, que acabou como uma palavra só: Davó.

“De onde eu vim tinha muitos Matheus. Minha avó sempre me buscava no portão, virei o Davó”, contou ao SporTV. “Ela sempre assiste (os jogos), um dos gols foi para ela, Dona Helena”, completou o jovem de 19 anos.

O Guarani adotou uma postura clara e eficiente. O Bugre se defendeu com qualidade, fechou os espaços para Cesinha e cercou Brenner. Assim, a criação e a conclusão do Inter ficaram impossibilitadas.

O Colorado recuou seus armadores para tentar a construção de jogo desde trás, e ali errou. Aos nove minutos, a primeira bola perdida com todo time na linha de frente foi lançada para Davó usar a velocidade. Ele chegou primeiro que a zaga e bateu cruzado para marcar.

Aos 22 minutos, novamente o mesmo cenário. Cesinha recuou para criar, perdeu a bola, Davó foi acionado, entrou sozinho e colocou na rede.

O expediente seguiu no segundo tempo. O Guarani pegava a bola na defesa e lançava para o Davó. Aos oito minutos, ele conseguiu um escanteio e depois de falha da defesa do Inter fez o terceiro dele e do jogo. Ainda houve tempo para o quarto após enfiada entre os zagueiro e só alegrias para Davó, que foi substituído no final e viu Marco Antonio fechar o placar em 5 a 0.

Fonte: UOL