Nos últimos meses, o Corinthians tem adotado uma estratégia bem clara quando vai ao mercado. Visando o futuro e investimentos menores agora, a equipe busca jovens com potencial. Para 2019, uma nova peça nesses moldes pode desembarcar no CT Joaquim Grava. Trata-se do volante Caio Alexandre, do Botafogo.

O interesse alvinegro no atleta vem desde novembro, quando o presidente Andrés Sanchez confirmou ter deixado Jean atuar contra o Corinthians como parte de negociação para contar com o volante de 19 anos. Segundo apuração do Meu Timão, espera-se que Alexandre Barros, diretor do Botafogo, se reúna com a direção alvinegra nos próximos dias para definir a situação do jovem jogador.

Quando revelou o interesse, vale lembrar, Andrés adiantou que o negócio seria em definitivo, mas disse não ter nada fechado. A possibilidade, porém, tem amadurecido, a ponto de o garoto pedir referências sobre o clube paulista ao ex-companheiro Caetano, que atualmente defende a equipe Sub-20 comandada por Eduardo Barroca – o treinador já trabalhou com Caio.

“Sim (falou comigo). Ele me perguntou como era o clube, a estrutura, se era como ele imaginava”, revelou o lateral, em entrevista ao Meu Timão.

Procurada pela reportagem, a direção alvinegra preferiu não comentar o interesse no botafoguense. A conversa com o clube carioca, cabe ressaltar, pode não ser apenas sobre Caio Alexandre. Para 2019, o técnico Zé Ricardo já pediu à direção carioca que mantenha Jean e Moisés, emprestados pelo Corinthians até o fim deste ano.

Aos 19 anos de idade, Caio nunca atuou profissionalmente pelo Botafogo, mas já tem no currículo uma participação em temporada de treinos da Seleção Brasileira principal, na Granja Comary. O contrato do garoto no Rio de Janeiro vai até 2020.

Fonte: Meu Timão