Como prevenção frente ao coronavírus, as partidas de futebol pelo Brasil já serão sem público a partir deste fim de semana, como se sabe. Mas os jogadores querem que os jogos também sejam suspensos.

Alfredo Sampaio, presidente do Saferj, o sindicato que representa os jogadores de futebol que atuam no Rio, vai pedir uma reunião, já na segunda-feira, com a Federação de Futebol do Rio e a CBF. Quer levar o desejo dos atletas de que os jogos do Carioca e da Copa do Brasil sejam suspensos em função do coronavírus. Temem a exposição em voos, aeroportos, hotéis, refeitórios e nos estádios.

Ontem, aliás, Sampaio recebeu ligações de jogadores dos quatro grandes clubes do Rio. Alguns criticaram a posição do governador Wilson Witzel de manter as partidas de futebol alegando ser “problema dos jogadores” o contato dentro de campo.

Fonte: Coluna do Ancelmo Gois - Jornal O Globo