A Corte Arbitral do Esporte (CAS) rejeitou o recurso do atacante Jobson contra a suspensão imposta pela Fifa de qualquer atividade relacionada ao futebol até 31 de março de 2018. O jogador foi acusado pelo Al Ittihad, da Arábia Saudita, de se recusar a fazer exame antidoping, e a Fifa aplicou a punição em abril do ano passado, quando Jobson atuava pelo Botafogo.

O advogado do jogador, Rodolpho Cézar, afirmou que ainda não teve acesso à íntegra da decisão e que, só quando tiver, poderá analisar se há alguma possibilidade de reverter a medida. As informações são do blog “Bastidores FC”, do site Globoesporte.com.

Fonte: Globoesporte.com