Cotado para atuar na seleção turca, Rafael Marques aprova decisão de Diego Costa

Compartilhe:

No passado, o atacante Rafael Marques se naturalizou turco na esperança de defender a seleção da Turquia, país onde atuou por quatro temporadas. Na época, o técnico Fatih Terim havia indicado que poderia utilizá-lo. No entanto, o fato acabou não se concretizando.

Com essa experiência, Rafael Marques, hoje no Botafogo, analisou a situação vivida por Diego Costa. O atacante brasileiro se naturalizou e e está à disposição da seleção espanhola, o que causou um grande conflito com a CBF e o técnico Luiz Felipe Scolari.

– É uma situação difícil. Acompanhei a entrevista dele e concordo pelo fato de ter feito a vida na Espanha. Acho que no fundo ele queria defender o Brasil, mas pelo momento da carreira e o que passou lá, a escolha é válida – disse Rafael Marques.

Na Turquia, Rafael Marques defendeu o Samsunspor e o Manisaspor. O atacante, aos 30 anos, acabou não sendo convocado em momento algum para a seleção turca. Seu nome turco é Rafet El Marques.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários