Jogador do Botafogo entre 1999 e 2001, o ex-meia Rodrigo Beckham vira e mexe aparece nos noticiários por um motivo bastante triste: salários atrasados e briga nos tribunais. O clube coleciona derrotas na Justiça e já teve receitas penhoradas, após não cumprir um acordo estabelecido em 2018 – o processo corre desde 2003.

Máscaras do FogãoNET para torcedores do FogãoNET durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

Em bate-papo com os jornalistas Wellington Arruda e Fabiano Bandeira nesta quinta-feira, no YouTube, Rodrigo Beckham revelou que recebeu apenas os salários apenas de um dos três anos que atuou pelo Botafogo.

Joguei três anos no Botafogo e recebi um. Fui embora com dois anos de salário sem receber. É uma piada, né? Nem gosto de falar sobre isso. Para o Botafogo brilhar, precisa ter credibilidade, e hoje ele não tem. Estou cobrando aquilo que é meu direito. Já se passaram 20 anos, acho isso uma vergonha. Quem honrou, se dedicou e foi profissional com a intensidade como eu fui merece o respeito do clube – afirmou Rodrigo, mostrando-se magoado:

– É uma história que ainda não teve desfecho para mim, é uma ferida aberta que ainda precisa de alguns capítulos para que eu me sinta melhor, para que eu me sinta liberto dessa relação e para que meu coração fique mais leve com todo amor que tenho pelo Botafogo e pelo torcedor do Botafogo.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Críticas às tentativas por Yaya Touré e Robben

Rodrigo Beckham foi além e mostrou-se contrariado com as notícias de que o Botafogo esteja tentando a contratação de grandes craques internacionais, como Yaya Touré e Robben – o holandês foi apenas sondado, enquanto o marfinense tem negociações em curso.

– O Botafogo é um clube gigante, quiçá tem a história mais rica do Brasil, tem um brilho que nenhum outro tem. Agora vejo na imprensa que o Botafogo quer trazer Yaya Touré, Robben… Por que o Botafogo não põe os pés no chão e traz responsabilidade na sua administração? É algo que levaria o clube muito mais longe do que fazer o que vem fazendo, atitudes não sei se desesperadas de contratar esse ou aquele. Eles não podem cumprir com isso, podem? – contestou.

Assista ao vídeo da entrevista com Rodrigo Beckham:

Vote na enquete abaixo:

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do Wellington Arruda