O preparador-físico Ricardo Henriques, demitido recentemente pelo Botafogo, não gostou nem um pouco das declarações do técnico Vagner Mancini com críticas ao condicionamento dos jogadores.

Ricardo, formado pelo Fluminense, com passagens também por Cruzeiro e Kashima Antlers, estava há três anos em General Severiano, levado por Osvaldo de Oliveira.

E tem a favor do trabalho realizado um dado interessante: o time fez 25 gols até o início do Brasileiro, 18 deles no segundo-tempo.

Ou seja, se fracassou, não parece ter sido por má preparação física.

Realmente…

Atualmente, a preparação física dos jogadores está entregue a Alex Rites, que era o responsável pelo exercícios na academia do clube _ o terceiro na hierarquia.

O segundo, Paulo Camelo, acompanhou Ricardo Henriques na “barca” que levou outros integrantes da comissão técnica de Eduardo Húngaro.

Rites está provisoriamente no comando, enquanto Moraci Santana finaliza seu contrato no futebol do Oriente Médio.

Fonte: Blog do Gilmar Ferreira - Extra Online