A presença cada vez maior de jogadores de fora do país disputando o Campeonato Brasileiro levou a agência de notícias espanhola EFE a criar um prêmio para o melhor estrangeiro na competição. E, apesar da péssima campanha do Internacional, 15º colocado, apenas dois pontos acima do grupo dos rebaixados, o ganhador do primeiro troféu foi o meia argentino D’Alessandro.

O jogador colorado terminou a competição com 72 pontos, sete à frente do holandês Clarence Seedorf, destaque na campanha do Botafogo, quarto colocado do Brasileiro e com um pé na Pré-Libertadores – o clube carioca depende, ainda, que a Ponte Preta perca para o Lanús a decisão da Copa Sul-Americana, quarta-feira, na Argentina.

Com os mesmos 65 pontos de Seedorf, mas em terceiro lugar, ficou o atacante argentino Hernán Barcos, do Grêmio, seguido por outros dois argentinos, Walter Montillo, do Santos, e Maxi Biancucchi, do Vitória.

Confira os dez primeiros colocados:

1 – Andrés D’Alessandro (ARG) – Internacional, 75 pontos

2 – Clarence Seedorf (HOL) – Botafogo, 65

3 – Hernán Barcos (ARG) – Gremio, 65

4 – Walter Montillo (ARG) – Santos, 49

5 – Maxi Biancucchi (ARG) – Vitoria, 48

6 – Luis Cáceres (PAR) – Vitoria, 44,5

7 – Nicolás Lodeiro (URU) – Botafogo, 41,5

8 – Damián Escudero (ARG) – Vitoria, 41,5

9 – Cristian Riveros (PAR) – Gremio, 33

10 – Paolo Guerrero (PER) – Corinthians, 32

Fonte: Blog Planeta Que Rola - ESPN.com.br