De Octávio a Renato: Bota estuda opções para vaga de Seedorf

Compartilhe:

A falta de tempo entre a 18ª e a 19ª rodada do Campeonato Brasileiro aconteceu em um momento complicado para Botafogo. Já sem Lodeiro e Jefferson, convocados para defender Uruguai e Brasil, respectivamente, o técnico Oswaldo de Oliveira também não poderá contar com Seedorf contra o Criciúma, domingo, em Santa Catarina. O holandês levou seu terceiro cartão amarelo na vitória por 3 a 1 sobre o Coritiba, na quinta-feira, no Maracanã, e está suspenso.

Devido aos desfalques, Oswaldo já precisou, como ele mesmo afirmou, precipitar a estreia de Hyuri com a camisa do Botafogo. O jovem acabou marcando dois gols no jogo com o Coritiba. Agora, terá de encontrar um substituto para Seedorf sem tempo para treinar o time, já que os titulares só farão trabalhos regenerativos antes da viagem para Santa Catarina, no sábado. Para a rodada anterior, o comandante conseguiu fazer ao menos um treinamento tático incluindo Hyuri no time principal.

Mais uma vez, as opções estão entre jovens valores e veteranos. Cria das categorias de base, Octávio, de 19 anos, entrou no segundo tempo do jogo com o Coritiba e pode ser utilizado, o que manteria o esquema. Outras revelações à disposição são Jeferson e Gegê. Por outro lado, Renato, de 34 anos, poderia fazer a função de meia, liberando mais Rafael Marques e Hyuri para se aproximarem de Elias.

– Ainda vou pensar no que fazer para montar a equipe. Até lá, vamos treinar com quem vai substituir o Seedorf e preparar uma formação convincente e sólida. Digo para quem vai entrar que não se trata apenas de terminar um jogo. É para fazer a diferença. Insisto muito nisso na nossa conversa e nos treinamentos. Procurar adequar para quem não está jogando sonhe com o jogo, para na hora em que solicitarmos ninguém se surpreender – explicou Oswaldo.

A questão da maratona de jogos nesse momento do Brasileirão acaba sendo equilibrada entre as equipes. Oswaldo trata a profundidade do elenco com importância fundamental para se manter em uma boa colocação. Apesar de contar com muitos jovens em momentos complicados, o Botafogo tem conseguido evitar que o líder Cruzeiro se distancia. No momento, são quatro pontos. O treinador já observa com cuidado alguns jogadores que se recuperam de lesões para enriquecer suas opções.

– O Lucas (cirurgia no tornozelo esquerdo) ainda vai demorar, mas o Gilberto (lesão na coxa esquerda) vem tendo uma recuperação fantástica, o Cidinho já me animou (cirurgia no joelho esquerdo) e mais o Bruno Mendes (retirada de verruga da sola do pé). Está chegando o mês dele. Em outubro e novembro do ano passado, ele fez seis gols. Se voltarem, vão enriquecer novamente nosso elenco na hora da arrancada final. Lá para o meio do segundo turno devo contar com esses jogadores – afirmou Oswaldo.

Além dos desfalques já citados, o Botafogo também não terá o goleiro Renan. Expulso contra o Coritiba por cometer pênalti, ele dará lugar a Milton Raphael.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários