Com o intuito de apresentar aos torcedores alvinegros os personagens que poderão brilhar no clube futuramente, o site oficial do Fogão lança a série de reportagens – De olho na base -, onde a cada semana um jovem atleta da base forte do Glorioso contará sua história e poderá dar seu cartão de visitas para a torcida. No primeiro capítulo, o personagem é o meia de 18 anos, Leandro Carvalho.

Habilidoso e ousado, o jovem passou por dificuldades antes de chegar ao Botafogo e até pensou em abandonar o sonho de se tornar jogador de futebol, mas hoje, recuperado e confiante, ele almeja fazer história dentro do Glorioso. Então, de olho nele!

Leandro tem apenas 18 anos, mas já é uma das peças principais da equipe Sub-20 do Botafogo. Carioca, nascido e criado em Vila Isabel, Rio de Janeiro, o garoto destacou suas principais características dentro de campo e contou sobre sua ambição no Alvinegro.

– Minha posição é meio-campo. Sou um jogador mais de passe, inteligente e que gosta de criar jogadas para os atacantes. Meu sonho é construir uma carreira sólida e vitoriosa dentro do Botafogo. – disse.

O meia chegou ao clube de General Severiano na temporada 2013 para reforçar a categoria Juvenil do clube. Vindo do rival, Leandro passou por momentos difíceis e pensou em largar o sonho de ser atleta de futebol, porém ao receber uma proposta do Botafogo, o jovem agarrou a oportunidade, conseguiu reverter o quadro delicado na carreira e viveu momentos especiais no Alvinegro.

– Eu cheguei aqui após sair do Flamengo, em um momento complicado da minha carreira. Cheguei a pensar em parar, mas recebi a oportunidade no Botafogo, clube que me acolheu e me fez crescer muito profissionalmente. O momento mais marcante aqui dentro foi, com certeza, ter sido relacionado para o profissional, uma experiência incrível e, o outro foi ter sido campeão carioca de juniores. – afirmou o atacante com um sorriso no rosto.

Apesar de muito novo, Leandro já viveu grandes experiências no ano passado. Além de ter se sagrado campeão carioca Sub-20, ele chegou a treinar com a equipe principal e foi relacionado para uma partida profissional. O menino ficou no banco de reservas na partida contra o Figueirense pelo Campeonato Brasileiro.

– Foi um momento único, meu primeiro jogo como profissional. Eu não sei descrever o que senti naquele dia, treinei durante anos para chegar naquele momento por isso, é um sonho que se realizou. Agora, espero chegar no profissional e permanecer, mas tudo com muita calma. Para isso acontecer, preciso estar bem aqui no juniores e esperar a oportunidade do professor René. – pontuou.

Antes de ganhar uma chance no time de cima, Leandro tem que fazer bonito nos juniores e isso vem acontecendo. A equipe é líder da taça Guanabara e vem apresentando um futebol de qualidade durante as partidas. O trabalho em grupo é o diferencial e torna a equipe alvinegra muito forte, difícil de ser batida.

– Eu acho que nada que aconteceu e continua acontecendo com a nossa equipe é por acaso. Nosso grupo trabalha muito forte e se dedica bastante no dia a dia então, estamos apenas colhendo os resultados de tudo isso. Tenho certeza que muitas coisas boas ainda estão por vir para essa equipe, a gente merece. – falou o camisa 8.

Por fim, o jovem enalteceu seu sentimento pelo clube da Estrela Solitária e deixou um recado para toda a torcida alvinegra.

– Meu sentimento é de carinho, gratidão e paixão por esse clube gigante que me acolheu e me deu a oportunidade de crescer profissionalmente. Queria agradecer pelo carinho que recebo, mesmo não sendo profissional, muita gente já me passa energia e mensagens positivas. Espero que muito em breve possa retribuir tudo isso, com gols e boas atuações. – finalizou.

Sem dúvidas, a base alvinegra possui jovens valores. A base é forte e o trabalho realizado é espetacular. Quando menos se esperar, poderá surgir um novo talento na equipe principal e você torcedor alvinegro, não ficará surpreso, pois estaremos sempre: de olho na base!

Fonte: Site oficial do Botafogo