Próximo adversário do Botafogo no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro terá no embalado Sassá a maior promessa de gols contra a ex-equipe do camisa 99. Nos últimos dois jogos em que o atacante esteve presente, foram quatro gols e uma assistência pela Raposa. A boa fase está de volta.

– Voltei com a minha boa forma, estou tendo sequência e os gols voltaram a aparecer. Estávamos jogando bem, mas a bola não estava entrando. Nesses últimos dois jogos, a bola começou a entrar e conseguimos fazer uma grande partida mais uma vez – falou Sassá, logo após o time de Mano Menezes golear o Vasco por 4 a 0, em São Januário, quarta última.

– Quero ser poupado não, quero jogar e aproveitar a fase. Jogar contra o Botafogo sempre vai ser especial, né? Foi o clube que me projetou e tenho bastante carinho. Espero que seja um grande jogo – completou.

No domingo, mais precisamente às 16h (de Brasília), no Mineirão, Sassá será adversário do clube que o projetou para o futebol pela segunda vez em sua carreira. Na primeira, o centroavante de 24 anos viu seu time empatar em 0 a 0, pela 19ª rodada do Brasileirão do ano passado, quando havia deixado General Severiano poucos meses antes. Na ocasião, os cariocas jogaram com diversos reservas e seguraram a pressão dos mineiros.

Promovido aos profissionais do Botafogo em 2012, Sassá chegou ao Cruzeiro após uma longa negociação, em que assinou por quatro temporadas e deixou 45% dos direitos econômicos com o Glorioso. Após empréstimos, o atacante deixou de ser coadjuvante, a partir de 2015, quando acumulou gols, taças e polêmicas pelo Alvinegro, que, agora, precisa ficar de olho na recente cria.

NÚMEROS DA CARREIRA DE SASSÁ

Clubes: Botafogo (até 2013), Oeste (2014), Náutico (2014), Botafogo (2015 a 2017) e Cruzeiro (2017 até agora)

Gols pelo Cruzeiro: 11 em 26 jogos
Gols pelo Botafogo: 33 em 103 jogos
Gols pelo Náutico: 9 em 22 jogos
Gols pelo Oeste: 0 em 3 jogos

Títulos: Campeonato Carioca (2013) Série B do Brasileiro (2015) e Campeonato Mineiro (2018)

Fonte: Terra