Ex-presidente e torcedor fervoroso do Botafogo, Carlos Augusto Montenegro não gostou nada do que viu no último domingo. A derrota para o São Paulo não doeu pelo placar, mas sim pela forma como o time se apresentou. Mas mesmo decepcionado, o mandatário alvinegro no título brasileiro de 1995 acredita que o time ainda pode se recuperar no campeonato.

– Tenho fé que o Botafogo vai dar a volta por cima. Confio muito no trabalho do Mancini. Ainda estamos no início do campeonato, foi só um jogo. É normal perder para o São Paulo no Morumbi, o problema foi jogar sem raça e sem motivação. Isso me decepcionou – admitiu.

Sobre o planejamento do clube que falhou, Montenegro preferiu ser ponderado. Ele não atacou a diretoria e lembrou uma perda importante no elenco que não estava nos planos: Seedorf, que se aposentou como jogador em janeiro para assumir o comando do Milan.

– Algumas coisas não estavam previstas, como a saída do Seedorf. A aposta no Eduardo Hungaro, por exemplo, achei boa, a princípio, mas depois que o Seedorf, que era um técnico dentro de campo, saiu, passei a achar arriscada. Era difícil contratar alguém do nível do Seedorf – lembrou.

Fonte: Extra