Willian Arão marcou o gol do Botafogo, aos 40 minutos do segundo tempo, que deu uma sobrevida maior ao clube no Campeonato Carioca. Afinal de contas, a derrota por 2 a 1 obriga o Fogão a vencer o Fluminense, sábado que vem, por dois gols de diferença para chegar à decisão – vitória simples leva para os pênaltis. Arão foi o 15º jogador diferente a marcar pelo clube no Carioca.

– Estava tentando desde o início do campeonato, a bola não estava chegando em condições, mas hoje consegui infiltrar e fazer o gol. No último lance, acabei infelizmente pegando mal na bola. Mas temos totais condições de reverter esse placar. A frustração fica não pelo resultado, mas pelo desempenho que tivemos. Jogamos bem, não merecíamos ter saído atrás no primeiro tempo. Mas graças a Deus conseguimos pelo menos diminuir a diferença – afirmou Arão ao PFC.

Fonte: Redação FogãoNET