Depois de interromper sua maior série de jogos, Seedorf tem o Fla pela frente

Compartilhe:

O descanso de Seedorf no empate em 2 a 2 com o Vasco, domingo, pelo Campeonato Brasileiro, e de outros titulares, foi providencial para o holandês. Ele havia igualado a sua maior sequência de jogos com a camisa do Botafogo na derrota para o Vitória (1 a 0). Foram 11 entre os dias 11 de setembro e 17 de outubro.

Antes, em uma oportunidade, Seedorf havia conseguido disputar 11 jogos seguidos pelo Botafogo, mas com o intervalo da Copa das Confederações no período. A marca anterior havia sido alcançada entre os dias 1 de junho e 4 de agosto.

Agora, descansado, Seedorf volta ao time no confronto com o Flamengo, pelas quartas de final da Copa do Brasil. Curiosamente, o único clássico no qual ainda não fez gol pelo Botafogo. Oswaldo espera que ele possa ser decisivo.

– Seedorf é um fator que pode decidir. Reconheço no Flamengo vários com esse poder, mas me sinto feliz por ele estar do meu lado. Por sua experiência e rodagem em momento algum vai ter alteração de ânimo. É um ponto forte que o Botafogo tem – afirmou Oswaldo.

O treinador ficou satisfeito com o resultado da sua estratégia de poupar jogadores no clássico com o Vasco, ainda que o time não tenha conseguido a vitória. O Botafogo saiu vencendo por 2 a 0, mas cedeu o empate no segundo tempo.

– O Botafogo está montando seu elenco. Jogadores que trouxemos estão confirmando o seu potencial e muitos já haviam sido até titulares. Não tinha o que temer, apenas pela sequência de jogos e maior entrosamento. A expectativa era grande a respeito do que poderia acontecer e fiquei satisfeito – disse o treinador.

No jogo de ida, Flamengo e Botafogo empataram em 1 a 1. Quem vencer, está classicado. Se houver novo empate, independentemente do número de gols, a decisão será nas cobranças de pênaltis.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários