A derrota do Botafogo por 3 a 0 para o Atlético-MG em pleno Nilton Santos (RJ) ligou o alerta para Zé Ricardo. O placar elástico fez o treinador reviver um drama recente, quando comandava o Vasco e não conseguiu consertar o sistema defensivo, que se tornou um dos mais vazados da temporada.

Na avaliação do treinador, o resultado diante dos mineiros acabou sendo duro:

“Cada jogo tem a sua história. Acredito que o placar foi duro para gente, ainda mais depois do que fizemos no primeiro tempo. Tivemos equilíbrio das ações. No segundo tempo, não tem o que esconder, ficamos muito abaixo. Contra uma equipe como essa, erramos. E eles podiam ter feito até mais. Temos que ter calma e teremos dois jogos difíceis. Temos que começar bem o returno”.

Para Zé Ricardo, não é o momento de se desesperar. O treinador pregou tranquilidade.

“Lógico que queremos fazer um returno forte, mas quero tranquilidade, equilíbrio e buscar jogo a jogo pontuar para poder sonhar com coisas boas”, declarou.

Na próxima quarta-feira o Botafogo visita o Palmeiras em São Paulo. Na quinta, o Atlético-MG recebe o Vasco em Belo Horizonte.

Fonte: UOL