Após 38 jogos como atleta profissional, o lateral-direito Marcinho celebrou nesta quinta-feira seu primeiro gol com a camisa do Botafogo, que valeu a vitória por 1 a 0 diante da Chapecoense, no Estádio Nilton Santos. Na comemoração, ele parecia sair correndo em direção ao setor Leste Superior, mas acabou sendo segurado por Kieza e Igor Rabello.

Seria um desabafo contra algumas vaias que foram proferidas em direção a ele durante o jogo? Nada disso… Em entrevista ao Premiere após o jogo, ainda no gramado, Marcinho explicou que ele queria era apontar para o irmão Marcelo, que estava num dos camarotes e comemorava 19 anos de idade.

– Eles pensaram que fosse falar alguma coisa para a torcida, mas não foi isso não. Tenho um camaorte ali, foi aniversário do meu irmão e ia lá comemorar com ele. Um beijo, irmão! – disse Marcinho, muito feliz.

– Estou muito feliz, foi um gol importantíssimo para mim e para o time. Estávamos precisando dessa vitória, vínhamos de duas derrotas, desperdiçando muitas chances, treinando finalizações e agora é comemorar essa vitória – completou o lateral-direito, revelado nas divisões de base do clube.

Fonte: Redação FogãoNET