Desmanche? Botafogo pode perder quinto jogador desde o começo do Brasileiro

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Elenco - Botafogo x Internacional - Campeonato Brasileiro 2020
Vitor Silva/Botafogo

O elenco do Botafogo, que já não apresentava tantas opções no começo do Campeonato Brasileiro, fica ainda mais curto a cada semana. A possível negociação de Luis Henrique com o Olympique de Marselha, da França, pode representar a quinta saída do elenco alvinegro desde o início da competição nacional.

O atacante de 18 anos deve desembarcar em solos franceses nesta terça-feira para realizar exames médicos. Se tudo for positivo e ele não apresentar nenhum sintoma da pubalgia que o tirou dos últimos cinco jogos do Botafogo, a venda ao OM deve ser concretizada.

Paulo Autuori perdeu jogadores em todos os setores do campo desde a primeira rodada do Brasileirão. Antes de Luis Henrique, saíram Ruan Renato e Cícero, com contrato rescindido, Danilo Barcelos, negociado junto ao Fluminense, e Luiz Fernando, emprestado para o Grêmio. O último, inclusive, era titular antes de deixar o clube.

Um zagueiro, um lateral-esquerdo, um volante e um atacante. O treinador teve baixas em quatro posições diferentes. Sem força financeira para ir ao mercado buscar reposições – com exceção de Carlos Rentería, que chegou sem custos – a solução é a promoção de jogadores das categorias de base. Em consequência, o elenco do Botafogo está cada vez mais recheado de garotos.

– Nós perdemos ao logo do Campeonato quatro jogadores. Não vou colocar o Carli (teve contrato rescindido antes do Brasileirão), mas saíram Cícero, Ruan, Luiz Fernando e Danilo. E sem a possibilidade de contratar. De experiência na Série A tem o Gatito, Victor Luís e Marcelo um pouco no ano passado. Os demais vieram de fora ou da Série B ou vieram do sub-20 – afirmou Paulo Autuori após o empate com o Santos, no último domingo.

O Botafogo, na 18ª colocação, sofre cada vez com o calendário apertado do futebol brasileiro. Com elenco enxuto, Paulo Autuori e a comissão técnica precisam “se virar nos trinta” para manter a competitividade física do elenco em alta.

Fonte: Terra

Notícias relacionadas