Um dos destaques do Botafogo desde que fez sua estreia, Erik recuperou em poucos jogos o status de grande jogador conquistado após surgir no Goiás. O atacante, no entanto, teve atuações abaixo da média contra São Paulo e Vasco, no Nilton Santos, e não ajudou a equipe como vinha fazendo.

A situação ficou bem clara, e até o técnico Ricardo comentou a queda de rendimento do jogador após empate com o Vasco. O tom das declarações deixa claro que Erik segue com moral na nova casa. Entre a diretoria, o tom é o mesmo: confiança total na volta do bom futebol já contra o Ceará.

“É um jogador que se movimenta bastante, dá muita opção. Hoje foi um pouquinho parecido com isso, nosso crescimento se deve ao fato de ele estar ali. Pimpão tem características próximas a dele, queríamos nas duas laterais um volume ofensivo. Então nada específico, ele está se sentindo bem, tem muito comprometimento, daqui a pouco ele volta a ter boas atuações novamente”, disse Zé Ricardo.

Erik não pôde jogar pela Sul-Americana e deu lugar a Rodrigo Pimpão. O reserva teve boas atuações e mostrou que tem condições de brigar pela posição ou, ao menos, ser uma importante sombra para manter o titular sempre motivado. Contra o Vasco, ele entrou no segundo tempo, mas também não foi tão bem.

Vale ressaltar que o Botafogo teve que se adaptar à forma de Erik jogar. Ele chegou atuando pelas laterais com obrigações defensivas. O atacante, porém, mostra dificuldade nesse aspecto e foi deslocado para atuar ao lado de Kieza.

A expectativa do Botafogo é que o jogador reencontre o bom futebol já nesta segunda-feira (15), quando o time visita o Ceará em Fortaleza. As equipes lutam contra o rebaixamento, e o duelo é fundamental na projeção se pontuação.

Fonte: UOL