O atacante Yuri Mamute, do Grêmio, começou a se destacar no Tricolor nesta temporada após muito tropeçar. O jogador foi alçado aos profissionais do Tricolor com certa pompa, mas não correspondeu e teve que correr atrás do perdeu.

Atualmente, ele se diz “um novo homem”. Atualmente, casado e convertido à religião evangélica, ele tem frequentado cultos, foi batizado como evangélico e agora diz que está pensando de vez na carreira.

Em entrevista ao ‘UOL Esporte’, ele diz que esse o foi o ponto que o fez virar umas das primeiras opções do Tricolor em 2015.

“Primeiramente Deus. Eu conheci Deus, aceitei de todo coração, fui batizado nas águas, e a partir daí minha vida mudou totalmente. Através do meu amigo Matheus [Biteco, volante do Grêmio que passa por um período de adaptação na Alemanha], da minha esposa, a partir daí tudo começou. Fui para igreja e fui me afirmando. Tive um momento de recaída. Agora quando voltei ao Grêmio, me entreguei, o Matheus me ajudou muito, e o nascimento do meu filho, tudo mudou na minha vida e posso dizer que sou um novo homem”, afirmou.

Em 2014, o atacante foi dado como “dispensável” e chegou a ser emprestado ao Botafogo. No clube carioca, ele também não conseguiu deslanchar.

Fonte: FutNet e UOL