Diego Cavalieri tem nas mãos a missão de ser uma das referências do Botafogo na reta final do Brasileiro

22 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Diego Cavalieri tem nas mãos a missão de ser uma das referências do Botafogo na reta final do Brasileiro
Vitor Silva/Botafogo

O desafio de ser um dos pilares de experiência na reta final desafiadora do Botafogo no Campeonato Brasileiro-2020 marca o início de 2021 de Diego Cavalieri. Com contrato até o final desta temporada, o jogador de 38 anos terá de se desdobrar tanto para transmitir segurança em campo quanto para ajudar seus companheiros a lidarem com cicatrizes de um período conturbado fora de campo.

Contratado inicialmente para ser reserva de Gatito Fernández, Cavalieri aos poucos engatou uma boa sequência de jogos no Campeonato Brasileiro. O camisa 12 esteve em 18 das 26 partidas da competição como titular da meta do Alvinegro.

Com isto, aos poucos foi se firmando como referência para um elenco que traz no seu setor defensivo os jovens Kanu e Marcelo Benevenuto, além do meio-campista Caio Alexandre.

De acordo com o Sofa Score Brazil, sua média de acerto no passe longo é de 49.8%. Além disto, o goleiro contabiliza 57% de média em bolas defendidas e pontuação de 3.00 em defesas difíceis.

Sua imposição será ainda mais crucial nesta reta final do Alvinegro na competição nacional. Cavalieri está designado como titular por Eduardo Barroca para o primeiro jogo de 2021 da equipe, contra o Athletico-PR, no dia 6. O técnico evitou estabelecer prazos para recuperação de Gatito Fernández, que está em transição muscular após ter passado por uma lesão no joelho direito.

A vivência e o desejo de Cavalieri se superar a cada partida são um dos caminhos para que o Botafogo mude seu quadro no Campeonato Brasileiro. Sua serenidade será crucial para garantir que a equipe alvinegra comece a se reencontrar com as vitórias. A equipe de Eduardo Barroca entra em campo na quarta-feira, às 19h15, contra o Athletico-PR.

Fonte: Terra

Notícias relacionadas