Um gol e uma assistência em três jogos. O início de Diego Souza no Botafogo foi promissor, mas o experiente meia-atacante acredita que ainda pode oferecer mais. Se ambientando com os novos companheiros e aproveitando o período sem partidas para aprimorar o entrosamento e a parte física, ele acredita que estará em plenas condições já na partida da próxima quinta-feira (4), contra o Juventude, no estádio Nilton Santos, pela terceira fase da Copa do Brasil.

“Foram jogos mais para ambientação, estar com meus companheiros, jogos mais tranquilos para ganhar forma física. Está sendo proveitoso. Espero estar 100% com certeza neste próximo jogo na Copa do Brasil”, informou o jogador.

A eliminação precoce no Campeonato Carioca, porém, causou revolta na torcida. Diego Souza admite o incômodo, mas enxerga o lado positivo neste período de treinos que o Botafogo está tendo agora:

“De tudo temos que tirar um lado positivo. Claro que queria estar jogando a semifinal do Carioca. Como chegaram alguns jogadores, está sendo importante esse tempo para a equipe trabalhar fisicamente, ganhar corpo, esperamos estar todos melhores preparados para esse jogo contra o Juventude”.

Contratação alvinegra mais badalada da temporada, Diego Souza saiu em defesa do técnico Zé Ricardo, que tem sido pressionado neste início de temporada.

“Sobre o trabalho do Zé, pode ter certeza que ele trabalha muito corretamente, é bem tranquilo de lidar e entende bastante do dia a dia de campo. Às vezes as coisas demoram um pouco para acontecer. Quem esteve aqui ano passado viu uma equipe que jogava bem contra qualquer tipo de adversário. Por mais que ainda não esteja da melhor maneira esse ano, o que vale é o final. Tenho certeza que nesse resto de temporada temos tudo para ajudá-lo”, declarou.

Diego Souza foi emprestado pelo São Paulo ao Botafogo até o fim desta temporada, podendo assinar um contrato definitivo de dois anos ao fim deste.

O jogo de volta do Alvinegro contra o Juventude, em Caxias do Sul (RS), acontecerá dia 11 de abril. Em seguida, o Botafogo faz sua estreia no Campeonato Brasileiro diante do São Paulo, no Morumbi (SP), dia 28.

Fonte: UOL