A rivalidade entre Botafogo e Flamengo cresceu ao longo da história, teve momentos de dominância de um e momentos de dominância de outro. Atualmente, apesar de o rival vive grande fase, com conquista recente de títulos importantes, seus torcedores não esquecem o clube alvinegro.

Máscaras do FogãoNET para torcedores do FogãoNET durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

O diretor-executivo do Ibope Repucom, José Colagrossi, explicou por que o Botafogo incomoda tanto.

– Postei em meu Twitter ranking dos clubes brasileiros que mais cederam jogadores para a Seleção Brasileira em Copas do Mundo, é o Botafogo. Não há novidade nisso. Vem um flamenguista falar “de novo essa história?” Não era esse o ponto. Há jogadores de Portuguesa, Portuguesa Santista, São Cristóvão, América. Clubes que são lembranças do que foram no passado. Mas o Botafogo está aí, segue resistindo. Nenhum clube do Brasil apanhou mais, mas continua vivo, lutando, brigando e torcendo. Isso incomoda as pessoas. Você não vê flamenguista falar tanto de Fluminense ou de Vasco quanto fala de Botafogo. O interessante é que o botafoguense só zoa flamenguista, não zoa tricolor ou vascaíno, se põe no nível do Flamengo. Hoje não no campo. O botafoguense é atrevido, toma três tapas e continua lutando. Isso incomoda. As pessoas queriam que nós sumíssemos. Não vamos desaparecer, sumir ou ir embora, vamos continuar brigando e lutando, é a essência do DNA de ser Botafogo – afirmou José Colagrossi ao Canal do Fabiano Bandeira.

O executivo lembrou que a história do Botafogo é incontestável e que o futebol não começou ontem.

– Essa crise está criando oportunidade para o futebol brasileiro. Os clubes finalmente descobriram importância fundamental e estratégica das mídias sociais, todos viram que têm que levar a sério. Há uma urgência de todos os clubes de criar conteúdo de qualidade, fazer lives de qualidade e promover os patrocinadores. Para o Botafogo, é importante que os torcedores descobriram que o futebol não começou nos anos 2010. Nenhum clube, talvez só o Santos se compare, tem história tão linda e ímpar. Não pode ser esquecida. O Botafogo não pode ser julgado por causa de 20 anos ou pela enorme dívida que tem. Essa crise trouxe que o futebol não começou outro dia. Estamos redescobrindo a história do futebol brasileiro e a gloriosa história do Glorioso. Tem sempre que olhar para o passado do clube com orgulho e atenção, porque é importante e faz parte do DNA de ser botafoguense. Essa história tem que ser contada – completou.

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do Fabiano Bandeira