Keisuke Honda levou uma multidão ontem (7) ao Aeroporto do Galeão. O voo que chegaria 15h (horário de Brasília) sofreu um atraso de 1h40. Período mais do que suficiente para a apaixonada torcida do Botafogo mostrar todo seu amor pelo clube. Mas nem tudo era a festa. Insatisfeitos com as últimas temporadas e com o desempenho do time até aqui, eles também xingaram alguns cartolas e, principalmente, o técnico Alberto Valentim.

As cobranças contrastavam com as declarações de amor feitas pelos torcedores. Gritos de “fora, Valentim” e xingamentos ao presidente Nelson Mufarrej e ao vice-presidente geral Carlos Eduardo Pereira deram o tom da insatisfação dos alvinegros com o clube recentemente.

Carlos Eduardo ficou claramente chateado com o que ouvia dos torcedores, mas não esboçou nenhum tipo de reação. Nelson Mufarrej só foi lembrado em seguida e, ao escutar seu nome, soltou um sorriso amarelo e tentou argumentar, de forma leve, com os alvinegros que o xingavam.

O problema é que sua atitude inflamou ainda mais a ira da torcida e o cartola foi orientado por um assessor do clube a não repetir essa manifestação. A correta mudança de postura arrefeceu os ânimos, que voltaram a ser direcionados à festa pela chegada de Honda.

O único dirigente que teve o nome gritado foi Carlos Augusto Montenegro. Isso ocorreu após os cartolas serem xingados, além dos pedidos pela saída de Valentim. O coro não parece ter caído nada bem entre os dirigentes presentes. Todos fecharam os braços e apenas escutaram a exaltação ao colega, que tomou frente do processo na diretoria de transição.

Vale ressaltar os gritos de “fora, Valentim” ocorreram em vários momentos. Em um deles, a cúpula do futebol presente no aeroporto soltou alguns sorrisos enquanto o treinador era ‘homenageado’. O profissional tem contrato até o fim do ano e deverá ser reavaliado após o fim do Carioca como disse a própria diretoria no fim do ano passado.

Hoje (8), o Botafogo volta a fazer uma grade festa para apresentar Keisuke Honda para seus torcedores. A partir das 9h30 (horário de Brasília) haverá um amistoso do time sub-17, além de shows de Dj Pelé e Mc G15. Em seguida, o japonês vestirá a camisa, concederá entrevista e será apresentado à torcida.

Fonte: UOL