Ao contrário de outros anos, os jogadores de futebol dos grandes clubes do Rio de Janeiro praticamente desapareceram nas duas noites de desfiles das escolas de samba do Carnaval carioca. Com rodada do Campeonato Estadual marcada para o meio desta semana, poucos se aventuraram a madrugar no evento.

Mas as equipes não deixaram de ter seus representantes na festa carioca: dirigentes de Flamengo, Fluminense e Botafogo estiveram na Marquês de Sapucaí e caíram na folia em um dos camarotes do sambódromo.

O Flamengo, por exemplo, esteve representado pelo diretor executivo de futebol Rodrigo Caetano e pelo treinador Vanderlei Luxemburgo na primeira noite de desfiles, no último domingo. O técnico, inclusive, é um antigo fã declarado do Carnaval carioca e até mesmo liberou seus jogadores para curtir a folia, embora nenhum deles tenha aparecido na Sapucaí.

Caetano assistiu uma parte do desfile de domingo ao lado do ídolo rubro-negro Zico, mas teve como um dos companheiros de noite o vice presidente de futebol do Fluminense, Mário Bittencourt. Com o agora cartola como advogado do futebol tricolor, os dois trabalharam juntos nas Laranjeiras entre 2011 e 2013.

Mário Bittencourt, inclusive, era um dos mais animados entre os dirigentes do futebol carioca presentes ao sambódromo. Ao lado da mulher, o cartola e advogado tricolor sambou muito e desfilou na Viradouro, a primeira escola a cruzar a Marques de Sapucaí no domingo. Ele também conversou animadamente com o ex-atacante Edmundo, que defendeu o time das Laranjeiras em 2004, quando Mário já defendia o clube nos tribunais.

Outro tricolor presente ao desfile foi o diretor executivo de futebol Fernando Simone. Acompanhado da mulher, ele acompanhou atentamente a Beija-Flor, escola para qual torce, na noite de segunda-feira. Com a missão cumprida, o dirigente deixou o camarote pouco depois da agremiação de Nilópolis encerrar sua apresentação.

O mais discreto dos dirigentes cariocas na Marques de Sapucaí foi o vice presidente de futebol do Botafogo, Antônio Carlos Mantuano. Ele esteve em um dos camarotes do sambódromo acompanhado da mulher, mas ficou menos tempo que os companheiros.

Um dos poucos atletas dos times cariocas presentes à Sapucaí foi Romarinho, do Vasco. O filho do Baixinho esteve em camarote diferente dos cartolas, na noite de domingo. O também cruzmaltino Bernardo, por sua vez, esteve no sambódromo na segunda-feira.

Se a lista dos jogadores dos times cariocas em atividade não foi tão grande, a de ex-atletas foi extensa. Além de Zico, estiveram na Sapucaí: Deco, Roger, Edmundo, Claudio Adão, Belleti, entre outros.

Fonte: UOL