O ex-jogador Donizete, o Pantera, é um dos ídolos do título brasileiro do Botafogo em 1995. Porém, é exatamente ele quem processa o clube na Justiça. Adversário nos tribunais, o ex-jogador cobra R$ 2 milhões do clube.

E a dívida é do tempo que era jogador do clube, somados ao juros. Donizete ainda tem pagamentos atrasados e o Bota sofre possíveis bloqueios sem suas receitas, nas cotas de televisão por exemplo.

Donizete lamenta a situação, mas diz que o está cobrando apenas o que lhe devem.

“Tenho dinheiro a receber, e eles têm que me pagar. Mas sempre deixei claro que estou disposto a conversar. Se o Botafogo puder me ajudar e eu puder ajudar o clube, será legal. Independentemente de qualquer coisa, sou Botafogo, tenho carinho e orgulho de ter vestido essa camisa. Quero cobrar o que me devem, pois trabalhei. Eu vivi minha vida toda no futebol e não tenho outro emprego. Mas acredito que vamos chegar a um acordo. Somos todos Botafogo e vamos fazer de tudo para resolver isso”, afirmou Donizete.

Fonte: Futnet