Mesmo sendo um dos destaques do futebol mexicano, parte das lembranças positivas de Dória ainda estão no Brasil. O zagueiro, criado nas categorias de base do Botafogo, atualmente é titular do Santos Laguna, mas falou, em entrevista exclusiva ao LANCE!, sobre seus principais momentos com a camisa do Alvinegro, entre uma partida contra o Coritiba e uma conquista marcante.

– Minhas melhores lembranças foram quando eu estreei (contra o Coritiba), com 17 anos, e quando fui campeão carioca. Essas coisas me marcaram. Vivi minha vida inteira no clube, desde a base. Estrear no profissional com a idade que eu tinha me marcou bastante. Acompanho muito, redes sociais, sempre estou de olho no Instagram vendo como o time está no Brasileiro e sou eternamente grato por tudo o que o Botafogo fez por mim – afirmou.

A gratidão ao Botafogo, contudo, não para por aí. O atleta deixa claro que vive um momento positivo no México, mas deixa em aberto a possibilidade de retornar ao clube de General Severiano no futuro.

– Minha mente está focada aqui no México hoje em dia, estou muito feliz. Mas um dia vou voltar sim (ao Alvinegro), ainda vou dar muita alegria para a torcida do Botafogo – admitiu.

Se o Santos Laguna de Dória é líder isolado do Campeonato Mexicano, com 5 pontos de vantagem para o Necaxa, vice-colocado, a coisa não se repete para o Botafogo. O Alvinegro é o 14º colocado do Brasileirão e está a 2 pontos da zona de rebaixamento. Dória enxerga o momento como importante, ainda mais pela possibilidade do departamento de futebol do Glorioso se separar da parte social.

– Vejo o atual momento do clube como uma reestruturação. Depois de ter ido à segunda divisão, escutei dizer que terão alguns investidores que podem entrar para ajudar o clube. Acho que esse projeto é muito bom. Na Europa muitos clubes já são desse jeito e o funcionamento, a tranquilidade para os funcionários trabalharem, não ter o problema de salários atrasados traz uma cabeça mais cabeça para os jogadores – analisou.

O zagueiro acredita que o Botafogo será um clube passível de atrair o interesse de investidores pelos ativos que possui. De longe, Dória declara torcida para que todo o processo financeiro seja positivo.

– Acho que o clube ainda muita coisa para conquistar. Tem o Nilton Santos, um lugar maravilhoso para trabalhar, é no Rio de Janeiro, uma cidade boa para viver, então acho que tem muita coisa boa para acontecer com o clube – completou.

Dória pelo Botafogo:

– 93 jogos
– 5 gols
– 1 título (Campeonato Carioca 2013)

Fonte: Terra