Antes da partida contra o Fluminense, pela semifinal da Taça Rio, o Botafogo viveu momentos de tensão com o desentendimento entre Camilo e o técnico Jair Ventura. No entanto, o meia entrou em campo no domingo e, após o jogo, Dudu Cearense afirmou que tudo já havia sido resolvido.

Insatisfeito por não ser titular, Camilo teria se queixado ao treinador e até mesmo pedido uma transferência. No entanto, Dudu Cearense, capitão do Alvinegro no último domingo, afirmou que conversou com o companheiro e o problema foi superado.

“A gente conversou. Estavam os mais experientes, cada um deu uma palavra. Não gostamos do que ele fez. Falei com ele pessoalmente. Esperei dois dias para ele acalmar, esfriar um pouco. Nesse dia, a conversa foi mais pela questão de ser um exemplo para o grupo. Para isso não acontecer outra vez e causar um mal estar no grupo. Foi um caso isolado. Conversei com ele. Na concentração, já fiquei brincando com ele. Foi bem resolvido.”

O meia ainda alfinetou a imprensa, falando sobre os questionamentos que eram feitos sobre o grupo do Botafogo, principalmente em relação aos clássicos. O clube ainda não havia vencido nenhum confronto contra os rivais cariocas até o jogo contra o Tricolor das Laranjeiras.

“Perguntaram para o Jair por que a gente não vencia clássico. Já vencemos. Agora vão procurar outra pergunta para nos incomodar. Mas eu falei para o grupo: ‘Nada nos abala’. O importante é manter o foco, não importa se é Taça Rio, ou Carioca, ou Libertadores. Nossa equipe é muito coesa, ciente do que está acontecendo. Temos que trabalhar muito e sempre buscar objetivos maiores, em um ano que vai ser longo e maravilhoso.”

A próxima partida do Botafogo será realizada nesta quinta-feira, quando o clube enfrenta o Atlético Nacional, pela Libertadores.

Fonte: O Dia Online