Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

X

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

04/04/21 às 17:00 - Giulite Coutinho

Escudo Botafogo
BOT

1

X

1

Escudo Portuguesa
POR

Dunga convoca apenas estrangeiros para não atrapalhar clubes e Jefferson fica fora

0 comentários

Compartilhe

Capitão da seleção na Copa do Mundo de 2014, Thiago Silva foi uma das novidades na lista da seleção brasileira divulgada nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro. O Brasil fará amistosos contra a Turquia (12 de novembro) e Áustria (dia 18), em Istambul e Viena, respectivamente. A pedido da CBF, Dunga não chamou nenhum atleta que atua no futebol brasileiro para não afetar o desempenho dos clubes na reta final do Brasileirão e Copa do Brasil.

A chamada exclusiva de atletas que atuam no exterior abriu espaço para algumas surpresas, entre elas o meio-campista Firmino, do Hoffenheim, da Alemanha.

Thiago Silva não havia sido chamado por Dunga nas convocações anteriores devido à lesão sofrida no PSG. Neste período ausente, o treinador entregou a faixa de capitão a Neymar, maior destaque do time nesses jogos pós-Copa.

“Não existe ex-capitão. Capitão vai ser sempre capitão. Quando cheguei à seleção, o Marin e o Del Nero me deram a livre escolha dos jogadores e tomar as decisões. A cada momento tem que ser reavaliado. Ele está voltando após um tempo. Temos que conversar com todos os jogadores e ter respeito com todos”, disse Dunga após a convocação.

Autor de cinco gols em vitória do Shakhtar Donetsk nesta semana, o atacante Luiz Adriano ganhou oportunidade com Dunga. O time ucraniano também cederá Douglas Costa, que volta a integrar a seleção. Casemiro, do Porto, também ganha chance com Dunga.

Desde que retornou ao comando técnico da seleção, Dunga venceu seus quatro jogos (Equador, Colômbia, Argentina e Japão). Detalhe: o Brasil não sofreu nenhum gol nos 4 jogos.

Para coordenar o time na viagem à Europa, a CBF escolheu Oscar Bernardes, ex-zagueiro da seleção.

Goleiros

Rafael (Napoli)

Neto (Fiorentina)

Diego Alves (Valencia)

Laterais

Danilo (Porto)

Alex Sandro (Porto)

Filipe Luis (Chelsea)

Mário Fernandes (CSKA)

Zagueiros

David Luiz (PSG)

Miranda (Atlético de Madri)

Marquinhos (PSG)

Thiago Silva (PSG)

Meio-campistas

Fernandinho (Manchester City)

Casemiro (Porto)

Firmino (Hoffenheim)

Lucas (PSG)

Luiz Gustavo (Wolfsburg)

Oscar (Chelsea)

Philippe Coutinho (Liverpool)

Rômulo (Spartak Moscou)

Willian (Chelsea)

Atacantes

Luiz Adriano (Shakhtar Donetsk)

Neymar (Barcelona)

Douglas Costa (Shakhtar Donetsk)

Comentários