Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Durcesio estima perda de R$ 100 milhões com Série B, mas mantém esperança em Botafogo não cair: ‘Milagres existem’

43 comentários

Compartilhe

Durcesio Mello, presidente eleito do Botafogo
Reprodução/Botafogo TV

Com 23 pontos em 30 jogos, o Botafogo é o 20º colocado no Campeonato Brasileiro e tem 98% de chances de rebaixamento. Se confirmada, a queda para a Série B vai significar um forte impacto nas finanças do clube, já estimado pelo presidente Durcesio Mello.

– Significa perder mais ou menos 100 milhões de reais. Acho que não precisa falar mais. Basicamente você sai de R$ 80 milhões de receitas de TV para R$ 10 milhões na Série B. Aí você tem patrocínio de camisa que pode ser impactado, diversas outras receitas que a monetização fica menos valorizada do que se tivesse na Série A. Isso no papel dá quase R$ 100 milhões. Aí dá pra imaginar o tamanho do rombo num clube que tem o orçamento de R$ 200 milhões e cai pra R$ 100 milhões. É complicado – explicou Durcesio, em entrevista ao site “GE”.

O presidente, porém, se recusa a jogar a toalha e admite até atrasar o planejamento para a próxima temporada.

– O planejamento, mesmo com o diretor de futebol, vai esperar algumas rodadas, porque milagres existem e eu sou otimista por natureza. Matematicamente rebaixado, já vai haver nesse campeonato mudanças significativas até visando o elenco do Campeonato Carioca – garantiu Durcesio, que vê um ponto positivo.

– A gente tem um jogo agora na quarta-feira que se a gente vence pode ser um divisor de águas. A gente tem Sport, Atlético-GO, Goiás, Fluminense, o próprio Ceará. Então o Botafogo tem uma tabela favorecendo – acredita.

Fonte: Redação FogãoNET e GE

Comentários