O ministro Joaquim Levy, sábado pela manhã, esbanjou simpatia no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.
O assunto não era economia. Mas o seu time de coração: o Botafogo. Discutia, inclusive, quais os jogadores deveriam permanecer no time na próxima temporada.

Fonte: Blog do Ancelmo Gois - O Globo Online