Eduardo Barroca revelou ao site “Globoesporte.com” uma chamada forte que deu em Diego Souza, centroavante do Botafogo. O motivo é curioso: o treinador queria que o jogador recebesse mais cartões amarelos nas últimas partidas.

– Outro dia até fiquei puto com o Diego (Souza). Pedi para ele tomar um cartão amarelo contra o Atlético-MG, para depois tomar contra o Ceará e cumprir suspensão diante do São Paulo, já que ele não pode jogar mesmo e zerar. Pedi e ele não tomou. Cobri ele no esporro depois, me disse que esqueceu. Ele só tomou um no campeonato – afirmou Barroca.

O técnico comentou sobre a quantidade de cartões que seu time tem recebido durante o Campeonato Brasileiro.

– Temos 11 atletas pendurados. Vamos pagar um preço quando começarem os jogos de meio de semana. Mas passamos bem pelo período pós-Copa América até o fim do turno. Foram quatro suspensões em dez jogos. A tendência é sofrermos mais agora. Esse lance recente do Carli contra o Atlético-MG não foi cera. Carli não é santo, mas ele demorou porque faltaram opções de passe. Ele disse isso no intervalo, não ia fazer cera no primeiro tempo – argumentou o treinador.

– Acho que isso tem consequências no geral. Mas o jogo do Palmeiras foi completamente atípico por uma série de questões, pela forma como o árbitro conduziu o processo. Se tirarmos aqueles vários cartões… Eu prometi para mim mesmo que não ia levar qualquer cartão nesse campeonato. Vamos ver se conseguirei cumprir – completou.

Fonte: Globoesporte.com